Resenha: por que devemos ficar de olho no Tierramystica?

Breve histórico: Promessa do metal nacional, o Tierramystica vem conquistando fãs no Brasil e nos países vizinhos desde 2008 com uma música que mescla o peso e agressividade do heavy/power metal com a espiritualidade e beleza dos sons andinos, produzidos com instrumentos legítimos, como a zamboña, a quena e o charango.

Reprodução da capa do álbum (© Megahard Records)

Reprodução da capa do álbum (© Megahard Records)

A principal evolução de Heirs of the Sun em relação a seu antecessor, A New Horizon, se dá mais no campo técnico que no musical: a produção está melhor, e o som, mais polido. Musicalmente, o disco não traz grandes novidades. Não que isso seja uma notícia ruim, é claro. Uma banda que já vinha fazendo um bom trabalho não precisaria esquentar muito a cabeça em oferecer algo diferente.

Reitera-se, pois, que a mesma fórmula de A New Horizon se repete aqui: uma introdução acústica e uma sequência de faixas com momentos que vão variando do power metal cru ao puro som andino acústico, passando por trechos mais sofisticados com maior heterogeneidade de instrumentos.

E cada faixa traz aquele pequeno detalhe que a torna especial. A sequência de riffs matadores de “Essence of Pride” e “Gate of Gods (Hayu Marca)”, os toques eletrônicos em “Myths of Creation”, o dinamismo da longa “Shine, Once Again” ou o castelhano de “Llanto de mi tierra”.

Nota = 8. Elogiado e normalmente bem avaliado, acostumado a abrir shows de lendas nacionais e estrangeiras e lançando um álbum onde tudo dá certo, desde a capa até o último acorde, o septeto gaúcho que, a julgar pelo número de fãs no Facebook, ainda espera para ser amplamente descoberto pelos fãs do metal nacional, mostra mais uma vez potencial para um dia ser tão relevante quanto o Angra. Isto é, se conseguir superar as dificuldades típicas das bandas novas – mas isto já é assunto para um outro post.

Abaixo, a faixa “Myths of Creation”, uma das melhores do disco:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s