Nem todos os candidatos de Carapicuíba estão à altura da cidade

Como muitos dos meus leitores devem saber, eu moro em Carapicuíba. É uma cidade humilde e pequena, espremida entre Osasco, Barueri, Jandira e Cotia, esta última sendo praticamente uma segunda casa para mim, fora São Paulo, é claro. Apesar do tamanho diminuto, a população, por sua vez, é numerosa: já somos quase 400 mil, o que nos coloca entre as 60 mais populosas cidades do Brasil (considerando que são 5564 municípios no total, é uma posição respeitável).

Andei dando uma lida nos planos de governo dos cinco candidatos à prefeitura da cidade, que são disponibilizadas gratuitamente no site do TSE. Para acessá-los, basta clicar aqui e procurar por “Carapicuíba” no campo de pesquisa do canto superior direito. Depois, é só clicar no “+” ao lado do número de candidatos a prefeito, visualizá-los individualmente e clicar em “Proposta” no perfil de cada um. O método para ver propostas de candidatos de outras cidades é o mesmo.

Enfim, os planos: Só duas das cinco propostas apresentadas (afinal, são cinco candidatos) podem ser levadas a sério, ao meu ver: A do atual prefeito Sergio Ribeiro (PT) e a do ex-deputado estadual Marcos Neves (PSB). O plano do petista, evidentemente, serve não só como espaço de exposição de propostas mas também como propaganda, exaltando as suas atuações na gestão que acaba no final deste ano. Sergio promete ampliar os projetos que implantou na cidade, basicamente.

Já o plano do psbista traz várias sugestões interessantes, como a criação de mais linhas da EMTU (embora isso não dependa apenas dele) e a instalação de internet wi-fi em praças públicas. Além, é claro, dos problemas de sempre: educação, saúde, trabalho, etc. Dentre os planos apresentados, é o mais coerente com a realidade da cidade, lembrando que, evidentemente, não será cumprido em sua totalidade, como é de praxe na política brasileira.

A proposta do candidato do PT do B, Dr. João Pereira, chega a ser risível: não rendeu mais do que uma página de texto, e contemplou apenas a área da saúde (ATUALIZAÇÃO DE 7/10/12:: mais tarde, em uma entrevista, ele se explicou dizendo que apenas “priorizou” a área e rapidamente citou outros setores que contemplará em sua administração). Mas ele ainda se saiu melhor que o socialista Osmar Negreiros, do PSOL, que nem sequer apresentou algum plano (além de não ter declarado nenhum bem, o que soa, no mínimo, estranho. Ora, até o populista presidente do Uruguai, José Mujica, exibe com orgulho o seu único bem: um Fusca 1987). O DEMocrata Irmão Aragão (que nome, não?) até apresentou um plano, mas é tão enxuto (ainda que mais elaborado que o quase-esboço do Dr. João) e cheio de lugares-comuns que mal vale um comentário. Ah, vale sim: ele também não declarou nenhum bem. Suspeito, não?

Debate

Os cinco candidatos, com o mediador Fábio Pannunzio servindo de divisa entre os preparados e os “tomara que não seja eleito”. Da esq para a dir.: Sergio Ribeiro, Marcos Neves, Fábio Pannunzio, Osmar Negreiros, Dr. João Pereira e Irmão Aragão. (Foto: André Rizatto/Band)


No primeiro sábado de setembro deste ano, a Rede Bandeirantes promoveu um debate entre os cinco candidatos (que pode ser conferido na íntegra aqui), parte de um programa de debates com candidatos de algumas cidades da Grande São Paulo (e cuja matéria de minha autoria para o Granja News você pode conferir aqui). Neste debate, foi possível confirmar o que eu já suspeitava quando conferi as propostas: Sergio Ribeiro e Marcos Neves são, de longe, os candidatos mais bem preparados (ou, pelo menos, são os que conseguiram causar tal impressão).

Osmar Negreiros, desculpe-me, mas o senhor mal sabe falar. Afora os erros de português, seu discurso carece de coerência e clareza. Algumas das respostas do socialista foram tão confusas que, ao escrever a matéria, tive dificuldades para resumir o que ele quis dizer. Nos anos 60, Chacrinha já dizia o que acontece com quem não se comunica.

Irmão Aragão foi o primeiro e único a trazer para o debate a questão da ficha suja de Sergio Ribeiro, muito bem, clap clap clap. O problema é a maneira como o candidato fez isso: durante os blocos de perguntas, quando ele era perguntado ou perguntava a alguém, mudava de assunto de repente para fazer acusações contra o prefeito. Beirava a comicidade. Ainda mais considerando o fato de que ele supostamente não tem bens.

Quanto à ficha de Sergio, nela constam vários processos por Crime de Responsabilidade (todos, aparentemente, referentes a contas declaradas que não bateram com as contas de facto; pode ter sido tanto por erro quanto por má fé, e não cabe a mim julgar, e sim à justiça, que, aliás, arquivou todos os processos por falta de provas). Outros processos contra o prefeito (também arquivados) incluem crime de furto e improbidade administrativa.

Dr. João Pereira não demonstrou lá muito firmeza, e também não foi lá muito claro, mas eu diria que, num pódio, ele ficaria no segundo lugar, entre Osmar e Aragão, na terceira colocação, e Sergio e Marcos, no topo.

Gostaria de finalizar lembrando que muitos dos candidatos mal sabem que a Granja Viana existe. Marcos Neves esteve em um encontro com moradores de um condomínio de Carapicuíba, e diz-se que o atual prefeito também será convidado futuramente; pode ser uma maneira de lembrar aos políticos de que aqui também há pagantes de impostos – gordos impostos, eu devo adicionar, por se tratar de uma área nobre.

Ao som de Shania Twain. Gostaria de agradecer ao camarada Felipe Fontana, que me ajudou a analisar e esclarecer os processos de Sergio Ribeiro, para que eu pudesse relatar da maneira mais correta possível a atual situação do candidato.

Anúncios

4 Respostas para “Nem todos os candidatos de Carapicuíba estão à altura da cidade

  1. Boa noite
    Sou moradora da cidade de Carapicuíba, seu texto está bem bacana.
    Muitos pontos em comum com o que penso.
    Valeu pela iniciativa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s